Dicas para um relacionamento mais saudável e feliz
08/06/2018
Fundamentais para saúde e bem-estar, os relacionamentos só são saudáveis quando trazem benefícios para as duas pessoas.

O casal de psicólogos e pesquisadores, John Gottman e Julie Schwartz Gottman descobriu que, ao contrário do que se imagina, ter bons relacionamentos não é questão de sorte. "Há muito o que se fazer para construir um relacionamento saudável. Essa é a grande lição que os doutores Gottman nos deixam", diz Villela da Matta, especialista em desenvolvimento humano e presidente da SBCoaching.

Pioneiro no uso do método científico para estudo dos relacionamentos, John Gottman fundou o laboratório de pesquisa da família na Universidade de Washington em 1986, que mais tarde ficou conhecido como "Love Lab". Durante décadas, Gottman e sua equipe estudaram milhares de casais voluntários.

Dicas para um relacionamento mais saudável e feliz

• Conheça o "mapa do amor" do seu parceiro. Casais emocionalmente inteligentes conhecem o universo um do outro. Eles possuem um "mapa do amor" do parceiro ou da parceira, isto é, conhecem seus gostos, preferências, objetivos, valores, visão de mundo, anseios, temores e esperanças. Como as pessoas mudam, eles estão sempre atualizando esses mapas.

• Cultive diariamente o afeto e admiração. O ponto de partida de um relacionamento gratificante é a crença de que seu companheiro é digno de respeito e de admiração. Sem isso, não há motivação para mudanças e melhorias – e, muitas vezes, não há nem sequer motivação para permanecer juntos.

• Volte-se para o outro. Nos relacionamentos, costumamos fazer "lances" pela atenção do outro, como por exemplo: um sorriso, um convite para partilhar algo, uma "indireta" (um elogio, um cumprimento, um gesto de reconhecimento), até propostas mais explícitas ("faz tempo que a gente não sai para jantar…"). Voltar-se para o outro significa ficar atento aos "lances" do parceiro e responder a eles o quanto antes. Quanto mais lances são respondidos, mais afeto o casal acumula no seu "cofrinho do amor".

• Resolva os problemas que podem ser resolvidos. Tudo aquilo que pode ser resolvido deve ser solucionado o quanto antes, a fim de evitar o desgaste desnecessário. Se o casal não consegue negociar e comprometer-se até mesmo para a resolução de questões menores, como irá administrar os conflitos perpétuos?

• Saia da trincheira. Os conflitos perpétuos podem levar os parceiros a se entrincheirar em suas posições, uma vez que a base desses conflitos são sonhos (nem sempre expressos claramente) e valores do indivíduo. O segredo para sair da trincheira é entender e honrar o sonho do outro (o que não é o mesmo que compartilhar). Os conflitos perpétuos nunca – ou raramente – são resolvidos. Porém, ao honrar o sonho um do outro, o casal abre caminho para poder administrá-los de maneira que controle e repare os danos ao relacionamento.

• Compartilhe significado. O significado compartilhado é um aspecto crucial para a saúde, a longevidade e a qualidade da relação. É daí que vêm as expectativas positivas e o estímulo para a construção de um futuro a dois. Quanto mais significados o casal compartilhar (e quanto maior for a frequência com a qual isso é feito), mais profundo, enriquecedor e gratificante será o relacionamento. Para criar e compartilhar significado, é necessário trabalhar a conexão e o projeto de vida em comum do casal.

Sobre a SBCoaching (Sociedade Brasileira de Coaching)

Fundada por Villela da Matta e Flora Victoria, precursores em coaching no Brasil, a SBCoaching é, hoje, referência nacional e internacional na técnica. Com 20 anos de mercado, é integrante do LIDE e única empresa que oferece todo tipo de serviço e produto relacionados ao coaching. São 91 unidades, 300 funcionários e um portfólio completo de formações e especializações profissionais, treinamentos, soluções corporativas (já implementadas em 3 mil empresas). Sua atuação abrange ainda a realização própria de eventos internacionais com palestrantes de renome mundial como Martin Seligman, projetos de empreendedorismo social (SBCoaching Social) e um recente programa de microfranquias. Com mais de 30 mil formados em coaching, vendas, liderança e psicologia positiva, a SBCoaching possui uma sólida e ativa rede de profissionais respeitados em sua base de alumnis. Como mais um diferencial, investe milhões em pesquisas e mantém um núcleo composto por profissionais com ampla formação acadêmica, responsável pela fundamentação e comprovação científica de suas práticas, metodologias e parcerias com universidades e institutos reconhecidos internacionalmente. Mais informações: www.sbcoaching.com.br


Relacionamento saudável