Espacio Uruguay apresenta a exposição "Por Excelência", de Luiz Bhittencourt
09/09/2019
De 12 de setembro a 11 de outubro de 2019

As características que definem a produção artística constante de Luiz Bhittencourt, não estão divididas por cronologia, é inequívoco, com um traço inimitável, desenho fluido, uma paleta singular, fiel a suas origens sem deixar de ousar, uma inspiração contínua em temas variados, sempre aperfeiçoando técnicas para seu dom, e com uma fronteira sutil entre o acadêmico e o naif. Luiz desenvolveu, desde o início, uma técnica própria sobre o tradicional, que são atributos únicos que assinam sua obra.    

“A arte é nada mais é do que tornar sublime o que se percebe. Portanto, não há nada de mais primordial na arte do que tratar de percepção. O que seriam as artes visuais senão fazer com que o sujeito passe a perceber cores e formas como beleza e sensação? Na essência da música, está tornar vibrações no ar em sentimento. Na série Janelas e Percepção, o artista Luiz Bhittencourt trata justamente desses conceitos. O observador é levado a olhar por um espelho: “o que ele vê, faz com que ele questione como sou visto”. É uma metalinguagem quase cartesiana, do percebo, logo sou percebido. Remete a Munch, com uma intensividade cromática e dinamismo expressionistas de grande sofisticação. Trata-se de uma obra intima para quem observa. É um exercício de exposição do Self, numa sociedade que hoje paradoxalmente se expõe escancaradamente através de pequenas janelas de plástico e chips e ao mesmo tempo se isola compenetrada em uma tela eletrônica. É uma obra extremamente provocativa a um mundo que se acostumou a se mostrar, mas se desacostumou a ser visto. Por isso, há de se repetir a afirmação: as janelas emolduradas na obra de Luiz Bhittencourt são como molduras de um espelho: provocam o reflexo e extraem reflexão.” - sobre a série atual: Janelas e Percepção, por Douglas Marthim, em julho/2019.

O artista Luiz Bhittencourt 

De São José dos Campos, Luiz Bhittencourt, 47 anos, 21 dos quais, dedicados integralmente à Arte, o que se tornou  uma extensão natural de seu corpo.

Luiz teve um sonho, por ocasião da perda de sua mãe, de retratar em uma tela o que tinha sonhado, procura, então, a artista Luciana Melo para estudar.

Daí em diante, desenvolve os 1ºs estudos do que seria uma carreira brilhante, com as séries Faces e Bocas – 1998/2004, Religiosa – 2003/2005, Vilas e Favelas – 2005/2006, Criança – 2005/2006, Transição – 2006 e Metrópoles – 2006/2007.

A religiosidade sempre marcou sua vida e o levou ao monastério, vivendo como monge beneditino de 2006 a 2011, na Ordem de São Bento.

Nesse período de 5 anos desenvolveu as Séries voltadas ao ensinamento espiritual que aprendia dentro do Mosteiro e casas monásticas que conheceu pelo Brasil e Europa, que versam sobre as passagens bíblicas que mais o marcaram e que tratam de fé e da mística:  Inspiração na Iconografia – 2007/2008, Amigos – 2008/2009, Cerâmica – 2006/2010 e Monastério – 2006/2011

Conflitos no plano religioso e artístico levam o artista a afastar-se definitivamente da vida monástica em 2011. Antes, porém, inicia a sequência das Séries Consagrados, Madonas e Santos e Bento em 2011, ainda no Mosteiro, resultantes dos ensinamentos que recebia e de sua visão particular em relação à espiritualidade.

A partir de 2011, já fora da Ordem, iniciou séries diversas, com temas mais livres, mas que mantiveram sua Identidade Artística, perceptível desde sua primeira pincelada, como: Elementos de Natureza – 2011; Vasos e Flores – 2012; Anjos – 2013; e Janelas e Percepção – 2019.

A obra de Luiz Bhittencourt encontra-se em coleções particulares de muitos países. Textos que pretendem explicar sua obra vêm sendo escritos por Intelectuais, Filósofos, Gestores Culturais, Escritores e Poetas, Psicólogos, Críticos de Arte, Teólogos, Abades e por amadores dos mais distintos setores da sociedade, sendo colecionados por Juristas, Diplomatas, Religiosos, Empresários, enfim, por todos os que se sentem tocados por suas indagações.

Facebook: https://www.facebook.com/luizbhittencourtartistaplastico/

 

EXPOSIÇÃO

Abertura – 11 de setembro, quarta-feira, das 18h30 às 21h30.

Exposição - POR EXCELÊNCIA"

Artista Plástico:  Luiz Bhittencourt

Curadoria – Carla Mourão

Visitação – de 12 setembro a 11 de outubro/2019 - de 2ª a 6ª f., das 14h às 18h  

ESPACIO URUGUAY
Avenida Paulista, 1776 – 9º andar (elevadores 3 e 4)
espacio.uruguay@brou.com.br

 

Luiz Bhittencourt